ESTEJA A VONTADE E SEJA MUITO BEM VINDA!!!

Páginas

Pesquisar este blog

domingo, 1 de abril de 2012

COM QUE ROUPA EU VOU E OUTROS DETALHES...

"Nada pior do que errar o tom e ir com uma roupa equivocada a uma festa ou cerimônia, ou seja, errar o dress code. Você tem vontade de ficar invisível num canto da sala ou se atirar embaixo do tapete”. A frase é do livro Chic[érrimo], de Gloria Kalil, e sintetiza bem o drama que todo mundo passa ao menos uma vez na vida: que roupa usar (e como usar) em determinadas situações.
Abaixo, um guia do que significa cada tipo de traje - geralmente especificados nos convites formais, que “emprestei” da Glória Kalil, claro (com pequenas alterações)...

PARA AS “MENINAS”:

TRAJE ESPORTE

Tipo de evento: almoços, exposições, churrascos, batizados, festas infantis.
Clima: simples e informal. Significa uma roupa descomplicada.
A roupa certa: peças avulsas como saias ou calças (da estação, cápri, cigarrette); camisetas, camisetes,  short (finos, de alfaiataria) para churrascos;  terninhos esportivos; vestidos de alcinhas.
Tecidos: crepes, algodões, linhos, tecidos com stretch (verão); veludos, malhas, camurças (inverno)
Acessórios: esportivos, como sapatilhas, botas, sandálias baixas; bolsa maior.

TRAJE PASSEIO, ESPORTE FINO OU TENUE DE VILLE
Tipo de evento: Almoços, vernissages, teatro.
Clima: um toque de formalidade.
A roupa certa: blusas, túnicas, calças mais caprichadas; vestidos ; tailleurs ou terninhos.
Tecidos: algodões, microfibras, jérseis (verão); veludos, camurças, malhas, sedas (inverno).
Acessórios: sapatos ou sandálias de salto e bolsa maior para o dia, ou pequena para a noite. Belas bijuterias.
A roupa errada: look brilho total, com decotes ousados, joias poderosas.

PASSEIO COMPLETO OU SOCIAL
Tipo de evento: jantares, coquetéis, óperas, casamentos, comemorações oficiais. São trajes mais formais.
Clima: formalidade total. É hora de festa fina.
A roupa certa: vestidos curtos com detalhes de brilho, decotes, fendas e transparências; paletó + saia ou calça de tecidos nobres.
Tecidos: georgettes, chiffons, musselinas, shantungs, rendas.
Acessórios: sapatos ou sandálias de salto. Xales, echarpes e bijoux ou joias vistosas. Maquiagem mais nítida.
A roupa errada: saiu do trabalho de calça + blusa + bota + xale e deu uma passadinha.

TRAJE BLACK-TIE, TENUE DE SOIRÉE OU RIGOR
Tipo de evento: noites de gala, bailes, grandes premiações.
Clima: de requinte, sofisticado. É hora dos vestidos de baile, o clima é de sedução.
A roupa certa: vestidos longos ou curtos muito sofisticados. Decotes, transparências, brilhos, bordados preciosos.
Tecidos: poderosos, como brocados, tafetás de seda, shantungs, zibelinas, rendas, georgettes.
Acessórios: sapatos ou sandálias de salto bem altos. Estolas, casaquinhos preciosos, peles etc. Joias ou bijoux muito especiais.
A roupa errada: “pretinho” básico. Pior: com sapato ou sandália esportivo, tipo tamanco.

PARA OS “MENINOS”: 

TRAJE ESPORTE
Tipo de evento: almoços, exposições, churrascos, batizados, festas de crianças.
Clima: simples e informal. Significa uma roupa descomplicada.
A roupa certa: calças de brim ou de gabardine cáqui ou jeans, com camisas esportivas ou suéteres. Camisetas e short (finos) para churrascos mais informais. No inverno, jaquetas ou parcas de couro ou camurça.
Sapatos: os esportivos, como mocassim, sapatênis e tênis (menos no batizado). No inverno, calçados abotinados de camurça.
A roupa errada: bermudão + camiseta do time + chinelo. Ou no extremo oposto: terno e gravata.


TRAJE PASSEIO, ESPORTE FINO OU TENUE DE VILLE
Tipo de evento: almoços, vernissages, teatros.
Clima: um toque de formalidade.
A roupa certa: se o evento for antes das 18h, camisa + calça esportiva, tipo cáqui, com blazer. Outras opções: terno de cor clara com ou sem gravata; ou blazer escuro com calça, com ou sem gravata. Se o convite vier com “tenue de ville”, use gravata – seja dia ou seja noite, mesmo com blazer ou jaqueta. À noite, terno com gravata – valendo os ternos claros se for verão.
Sapatos: sociais. Mocassins pretos ou marrons.
A roupa errada: jeans.


PASSEIO COMPLETO OU SOCIAL
Tipo de evento: jantares, coquetéis, óperas, casamentos, comemorações oficiais.
Clima: formalidade total
A roupa certa: terno escuro com camisa social e gravata (*Hoje em dia, o colete não é mais obrigatório, mas vale saber que terno = calça + paletó + colete)
Sapatos: sociais pretos.
A roupa errada: qualquer opção fora do terno e gravata. E mais: acessórios marrons em geral e ternos marrom.


TRAJE BLACK-TIE, TENUE DE SOIRÉE OU RIGOR
Tipo de evento: noites de gala, bailes, grandes premiações.
Clima: de requinte, sofisticado.
A roupa certa: smoking. Tradicional ou variações mais modernas – como substituir a camisa branca por uma preta e dispensar a gravata borboleta – são toleradas hoje em dia.
Sapatos: lisos de verniz, ou pretos de couro, de amarrar.
A roupa errada: o seu melhor terno escuro.  

E ALÉM DO DRESS CODE:
* Os convites formais, usualmente, vêm com a sigla RSPV, do francês “ répondez S'il vous plaît”, que significa “responda por favor”, com a estipulação de prazo para a resposta.
Embora muitos digam que se trata de “frescura”,  não conheço nada mais deselegante do que não responder, uma vez que é através do conhecimento do número de convidados que comparecerão que serão contratados os serviços de buffet . Não responder e depois comparecer é de extremo mau gosto.                  
* Hoje há muito uso de expressões francesas nos convites para uma infinidade de eventos, o que algumas vezes acabam nos deixando perdidas.
Eis algumas das expressões mais utilizadas, constantes do glossário: petit comitê, surprise-partie, vernissage, finissage, midissage.
As expressões vernissage, finissage e midissage usualmente se referem a exposição de obras de arte, entretanto, podem também se referir a exibição de filmes e peças teatrais. Pormenorizadamente, temos que:  Vernissage  significa envernizamento, normalmente utilizado para designar a cerimônia de pré-estreia de algo ou uma mostra privada que precede a abertura de uma exibição. Finissage é a cerimônia de encerramento de uma exibição ou temporada.  Midissage é a cerimônia que ocorre no meio do período das grandes exibições de obras de arte ou temporadas de peças de teatro com período prolongado de exibições.

Glossário nosso de cada dia:
Termo escrito                            Como se pronuncia                                 O que significa
black tié                                             (bláque tai)                      gravata preta/borboleta - traje a rigor
buffet                                                      (bifê)                              cardápio de refeição p/convidados
dress code                                         (drés coldê)                                código de vestimenta
finissage                                              (finisságe)                              encerramento de exibição
habillè                                                    (abiê)                                           traje de recepção
midissage                                            (midisságe)                          meio do período de exibição
petit comitê                                       (petí comitê)                            reunião pequena, intima
répondez S'il vous plaît               (repondê si vu plé)                             responda por favor
surprise-partie                                  (suprêspartí)                                         festa surpresa
tênue de soirée                              (tenú dú suarrê)                                       traje a rigor
tênue de ville                                     (tenú dú víla)                                       traje de cidade
vernissage                                           (vérnissage)                                              pré estréia

2 comentários

  1. convites formais, que vêm com a sigla RSPV - bem deselegante também é dizer que vai e não aparecer, o que aconteceu em alguns casamentos. E ser parente próximo da noiva e aparecer sem presente, então, nem comentar.

    ResponderExcluir
  2. .... Legal! No dia da formatura da minha filha, em geral, estava o pessoal todo ou quase todo, bem nos trinques, salvo alguns que eu acho que não puderam ou não tiveram como, haja que um mero vestidinho longo, do básico, já anda pela casa dos trezentos reais e ainda com todos os complementos, já se vê aonde vai. Penso que, quem não tem como e não pode, melhor se desculpar, mandar presentinho se fôr o caso, telefonar, mas não ir do que ir e sem estar devidamente à altura do evento.

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito bem vindo, nós respeitamos a sua opinião. Pedimos a gentileza de observar as regras da cortesia e do bom senso.

Arquivo do blog