ESTEJA A VONTADE E SEJA MUITO BEM VINDA!!!

Páginas

Pesquisar este blog

sábado, 3 de março de 2012

FALANDO EM SAPATOS II

Continuando um assunto que toda mulher adora, vamos lá, lembrando que para melhor visualização dos modelos basta clicar nas fotos:

ANKLE BOOT (pronuncia-se âncol buti) - são botas com cano na altura do tornozelo, de estrutra fechada, mais utilizadas no inverno.


OPEN BOOT (pronuncia-se ópen buti) - são botas de tornozelo fechado, mas com abertura na frente (peep toe).

SUMMER BOOT (pronuncia-se sâmer buti) - mais usadas no verão, são sandálias mais estruturadas, com acabamento até o tornozelo, possuem abertura nos dedos, na parte superior do pé e também no calcanhar.


CHANEL - Com formato alongado, salto confortável e decote no calcanhar  é famoso pelo bico em cor mais escura. O  modelo com calcanhar aberto - um dos mais celebres do mundo - permanece, em multiplas variações, como um dos simbolos mais famosos do estilo Chanel.


MOCASSIM - Calçado polivalente e curinga em qualquer estação, de salto baixo ou altíssimo, os mocassins acompanham todas as silhuetas e tendências. Os mocassins baixos podem ser considerados uma variação mais esportiva das sapatilhas.

MULE - Originado de um chinelo marroquino e muito popular na Turquia, aberto no calcanhar e fechado na frente. No século XVIII, as mules eram usadas baixas por homens e com saltinho pelas mulheres. Nos anos 40, ficaram conhecidos como "sapatos de quarto".
O apelo sensual da modelagem vestiu pés das pin-ups e estrelas de cinema nas décadas de 40 e 50. Como babuchas, acompanharam a revolução hippie dos anos 70. Mesmo modelos sofisticados não se coadunam com festas tradicionais ou muito formais.

CHINELOS - Forma criados pelos sunitas no ano de 2300 a.c., sobrevivendo, em diversas "releituras" até a atualidade. Hoje são encontrados desde modelos simples de borracha até  modelitos sofisticados, desenvolvidos por grandes grifes. Esta aí um sapato que ninguém no mundo dispensa, mesmo que seja apenas um único par.

RASTEIRINHAS - o modelo trata-se de uma variação das sandálias, originária na Roma Antiga século VII a.C.. A principal característica desse calçado é a completa falta de salto.


E FALANDO EM SALTOS:

ANABELAS - saltos tão largos quanto a base do calçado. Muito confundido com o plataforma, mas é bem diferente. No anabela o peito do pé sustenta todo o peso do corpo e o pé fica inclinado. Devem ser utilizados em produções mais casuais, devendo ser evitados em produções mais formais. O peso e a altura devem ser levados em consideração quando escolher um salto anabela. As gordinhas devem se ater aos modelos mais altos, para nao achatar a silhueta e as magérrimas devem evitar os modelos muito altos e largos, que deixam as pernas ainda mais finas.

ESPADRILLES (ou espadrilhas) - são os solados de corda. Criados há mais de 600 anos na Catalunia, também pedem trajes informais para uma produção mais adequada.

PLATAFORMA - Cobre toda sola do sapato, existe em calçados convencionais, em sandálias e em botas. Para uso informal, não aconselhável em produções formais. Oferece uma melhor distribuição da pressão exercida pelo corpo sobre os pés.

1 comentário

  1. Adoro sapatos, no momento curtindo muito as sapatilhas e rasteirinhas. Otimos preços em http://minhasapatilha.miarte.com.br , com frete grátis para todo o Brasil.

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito bem vindo, nós respeitamos a sua opinião. Pedimos a gentileza de observar as regras da cortesia e do bom senso.

Arquivo do blog