ESTEJA A VONTADE E SEJA MUITO BEM VINDA!!!

Páginas

Pesquisar este blog

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

FALANDO EM SAPATOS I

Como estamos caminhando para o inverno??? resolvi falar sobre os sapatos mais escolhidos por quem gosta de manter os pés aquecidinhos de forma elegante. Mas... não se trata da exibição de coleções de outono inverno e sim uma explanação sobre alguns tipos de sapato mais conhecidos. Num segundo segmento, falarei sobre outros tipos de sapato, com dicas de como fazer combinações perfeitas entre sapatos e roupas. Para visualizar melhor os sapatos, clique sobre os mesmos.

SCARPIN (pronuncia-se Scarpã) -  Sapato fechado, com salto médio ou alto e uma linha que se afina em direção ao bico. O nome vem do diminutivo italiano para scarpa (sapato) -  scarpino, esse modelo foi popularizado pelo estilista Christian Dior.
Scarpins de salto alto e fino, chamados de "Stilettos", foram muito utilizados pelas estrelas de cinema nos anos 50, como Marilyn Monroe.
Atualmente contamos com scarpins de salto baixo também, que, dependendo do material,  dão um visual sofisticado a trajes menos formais como shorts, pantalonas, cigarrettes, etc.


PEEP TOE (proncuncia-se píp-tôu) - Sapato que tem uma pequena abertura na frente. Ele pode ser fechado ou não atrás.

 
OXFORD - Originalmente encontrado no guarda-roupa masculino, ganhou versões especiais e acabou se tornando ícone de desejo entre as mulheres. 
Este modelo de calçado recebeu tal nome justamente por ser muito utilizado entre os estudantes na universidade de Oxford, na Inglaterra. Em seu modelo tradicional e mais conhecido, o oxford é caracterizado por ser totalmente fechado e com amarração de cadarço. Agora, o clássico sapato masculino ganhou os pés femininos em versões mais modernas e charmosas, podendo ser encontrado em modelos com salto, bico fino, bico arredondado ou bico alongado.

 
SAPATILHAS - Calçados leves, com saltos baixos, originalmente usados por criadas no século XVIII.
As elegantes parisienses adotaram em 1803 para dançar nos bailes.
No final do século XIX, em verniz, sapatilhas freqüentavam a noite nos pés masculinos.
Inspiradas nos sapatos de ballet, ganharam versão "boneca" nos anos vinte e são usadas até os anos 30 como sapatilhas de praia.
Nos anos 50 se tornaram cult, parceiras das calças Capri, usadas por Audrey Hepburn e Brigitte Bardot.


NOTINHA DE RODAPÉ:

O termo "meia pata", na realidade, designa um tipo de SALTO, e não um modelo de sapato. Sapato de salto alto que tem uma pequena plataforma na parte da frente. A intenção é deixar o sapato mais confortável, pois o fato de ter um solado mais alto na frente faz com que se tenha a sensação de que o salto não é tão alto. Geralmente esse tipo de salto é utilizado em sapatos muito altos. 

3 comentários

  1. Amo os Peep Toe e odeio os Oxford....kkkkk

    ResponderExcluir
  2. .... Tenho uma coleção enorme de sapatilhas e me sinto ótima com elas nos pés, saltos nunca mais ou deixo para a Simone.

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito bem vindo, nós respeitamos a sua opinião. Pedimos a gentileza de observar as regras da cortesia e do bom senso.

Arquivo do blog